FANDOM


Emicida
Object image
Informação Geral
Nome Completo Leandro Roque de Oliveira
Apelido (desconhecido)
Data de Nascimento 17 de agosto de 1985 (26 anos)
Data da Morte (desconhecido)
Origem São Paulo, São Paulo
Ocupação Rapper
Produtor musical
Repórter
Gêneros Rap
underground hip hop
Período em Atividade 2006 - Atualmente
Gravadora(s) Laboratório Fantasma
Afiliações DJ Nyack
Kamau
MC Marechal
KL Jay
Projota
MC Rashid
Max B.O.
Renan Samam
Skank
Criolo
Página Oficial www.emicida.com


Emicida nome artístico de Leandro Roque de Oliveira (São Paulo, 17 de agosto de 1985), é um rapper, repórter e produtor musical brasileiro. É considerado uma das maiores revelações do hip hop do Brasil nos últimos anos. O nome "Emicida" é uma fusão das palavras "MC" e "homicida". Por causa de suas constantes vitórias nas batalhas de improvisação, seus amigos começaram a falar que Leandro era um "assassino", e que "matava" os adversários através das rimas. Mais tarde, o rapper criou também uma conotação de sigla para o nome: E.M.I.C.I.D.A (Enquanto Minha Imaginação Compor Insanidades Domino a Arte). As suas apresentações ao vivo são acompanhadas do DJ Nyack nos instrumentais.

BiografiaEditar

A carreira de Emicida teve início no começo dos anos 90, quando seus pais organizavam bailes black, ele começava a compor suas músicas. Oriundo de família pobre, ele compunha as músicas e passava para seu amigo gravá-las e vendê-las.
Emicida é conhecido por suas rimas de improviso, o que fez ele tornar-se um dos MC's mais respeitados. Venceu onze vezes consecutivas a batalha de MC's da Santa Cruz e por doze vezes a Rinha dos MC's. O rapper não tem contrato com nenhuma gravadora e segundo a Revista Época, vendeu mais de 3 mil CDs no boca-a-boca, em modo artesanal. Em 2007, Emicida vendeu 700 cópias de um single, sem o mesmo ser colocado na internet. Ele chama-se Triunfo, e foi o primeiro do artista.
Ele é considerado como a maior promessa do rap nacional após a morte de Sabotage, e tem mais de 1 milhão de acessos no YouTube e 130 mil no MySpace. Lançou no primeiro trimestre de 2009 o seu mixtape de estreia, Pra quem já Mordeu um Cachorro por Comida, até que eu Cheguei Longe..., o qual traz 25 faixas desde o início da sua carreira, em 2006. Atualmente, ele tem a meta de vender 1000 cópias por semana do disco, onde os preços variam de R$ 2 até R$ 15.
Emicida foi indicado ao VMB 2009, onde concorreu em "Melhor Grupo/Artista de Rap", "Aposta MTV" e "Videoclipe do Ano", com a canção Triunfo, mas acabou derrotado em todas. Assim como em 2009, Emicida foi indicado novamente ao VMB 2011, concorrendo em 3 categorias: "Hit do ano", "Clipe", e "Artista do ano". Nesse ano a MTV inovou na escolha dos ganhadores, deixando os votos para críticos musicais, cineastas e VJ's. Sendo assim, não poderia ser diferente, Emicida teve seu talento reconhecido e faturou Clipe do Ano com Então Toma, e "Artista do ano". Nas palavras do Rapper ele disse: - "Estamos promovendo uma reforma-agrária na música brasileira". (Fazendo menção que ele conseguira desbancar nomes como NX Zero, Marcelo Camello e outros.

O cantor tem fãs em diversos países além do Brasil, principalmente Japão, França e Portugal. Em 2010, Emicida lançou o seu segundo single da carreira, intitulado Besouro.

DiscografiaEditar

MixtapesEditar

EPEditar

SinglesEditar